Informativo Mundial das Missões – 11/11/17
8 de novembro de 2017
Adoração Infantil – Igual Formiga (T2:E8)
12 de novembro de 2017

IASD Worcester (EUA), Obrigado!

Quero publicamente agradecer a Igreja Adventista de Worcester, Massachusetts (EUA). Estive realizando uma mini semana se oração lá em Outubro e recebi um carinho incalculável.

Além de ter a oportunidade de viajar para os EUA, ainda fui acolhido como eu não imaginava. Tudo. Desde o local para dormir, as refeições, os passeios e as explicações sobre a região.

A Igreja fica em uma região chamada New England, onde começou os EUA. Foi também ali que a Igreja Adventista começou. O Estado é pequeno, por isso ir de uma cidade para outra demorava no máximo 1h30min.

Foi tanto carinho! E não só comigo, mas com minha família também. Eu virava pra minha esposa e falava: “Viu que presente Deus está nos dando?”. Ela emocionada confirmava.

Quer entender mais ou menos? Minha filha come basicamente feijão como prato principal. Quando falamos isso, no outro dia a irmã Ruth apareceu com uma panela de feijão.

Eu não vou entrar em muitos detalhes de como foi a viagem para manter a privacidade das pessoas. Mas eu to coçando a mão aqui para falar sobre a casa que ficamos, sobre o restaurante japonês, sobre os passeios, sobre a paciência, sobre o Patriots.

Foram dias marcantes. Vocês moram em nossos corações. Obrigado Yuri pelo convite. Obrigado Rafael pela casa. Obrigado dona Ruth por ser uma verdadeira mãe para nós. Obrigado Mauro e Fariola por nos levarem ao Gillete Stadium (GO PATS!). Obrigado Vanderli e Natalina! Obrigado Alexsandro e Ludmila pela experiência gastronômica. Obrigado a todo mundo! Obrigado igreja querida!

Lembro no último sábado na igreja. Almocei no junta panela na igreja e fui para a rua ver o que as pessoas estavam fazendo. A maioria conversando como família. As crianças brincando de bola (no caso de futebol americano). Olhei e vi uma família. Fiquei feliz em saber que pude ter o privilégio de estar naquela semana fazendo parte desta família.

Sabe o que fiz ao ver essa cena? Chamei o guri com a bola e pedi para ele me ensinar a arremessar, mesmo estando de terno e gravata. Ao entender a mecânica com a mão, o menino foi correndo para o outro lado. Quando fui arremessar vi a porta da igreja e as pessoas rindo felizes. Minha esposa e minha filha entrosadas e rindo. Que alegria!

Ah, e arremessei direitinho, tanto que o Mauro me perguntou: “É a primeira vez que você joga?”.

Obrigado pessoal! Fiquem com Deus! Vocês foram usados por Deus!

Daniel Gonçalves
Daniel Gonçalves

Idealizador do blog

Comentários no Facebook


Produzido por: SdMídia.com.br